Informação sobre faringite, causas, sintomas e tratamento da faringite, com definição e detalhe dos diferentes tipos de faringite.


O que é a faringite

A faringite é uma doença inflamatória da mucosa que reveste a faringe e que se manifesta por avermelhamento e inchação da mesma.
Esta afecção fnormalmente se estende também às amígdalas, dando-se o nome de faringoamigdalite.
Em geral, é uma infecção viral que começa o ataque, predispondo a colonização e infecção por bactérias.
Os vírus implicados com maior freqüência são os rinovírus, coronavírus, adenovírus, influenza e parainfluenza.
Entre as bactérias destacam-se o estreptococo beta-hemolítico, o pneumococcus, o mycoplasma pneumoniae, o staphylococcus aureus e o haemophilus influenzae.
A porta de entrada é a oral, pela veiculação dos agentes causadores através das gotinhas de flügge, isto é, salpicos de saliva que as pessoas eliminam ao falar, tossir ou espirrar.
A faringoamigdalite é uma das infecções mais comuns em crianças entre os 4 e os 15 anos de idade, sobretudo nos primeiros anos escolares.


Dor de garganta

Dor de garganta é uma das razões mais comuns para visitas a médicos de família. Enquanto a maioria dos pacientes com dor de garganta tem uma causa infecciosa (faringite), menos de 20 por cento têm uma clara indicação para a terapia antibiótica (ou seja, nfecção por estreptococos beta-hemolítico do Grupo A). Regras de decisão clínica úteis bem validados estão disponíveis para ajudar os médicos de família a cuidar de pacientes que se apresentam com faringite. Devido a recentes melhorias em testes rápidos de antígenos de estreptococos, cultura de garganta podem ser reservados para os pacientes cujos sintomas não melhorarem ao longo do tempo ou que não respondem aos antibióticos.
A faringite é uma das condições mais comuns encontrados na família. A abordagem ideal para diferenciar entre várias causas de faringite exige uma história focada no problema, um exame físico e testes de laboratório apropriado. Identificar a causa de faringite, especialmente o estreptococo beta-hemolítico do Gruppo A (GABHS), é importante para evitar o potencial risco de vida.

Saiba quais os sintomas da faringite
Conheça as causas da faringite
Saiba como é feito o tratamento da faringite
Conheça os diversos tipos de faringite existentes


ACOMPANHE OS ARTIGOS DO BLOG NO SEU EMAIL